Bem-vindos ao Nicole Kidman Brasil, a sua maior e melhor fonte de informações da atriz Nicole Kidman no Brasil. Temos o intuito de levar informações sobre a carreira da atriz para fãs e admiradores, não temos fins lucrativos, somos um site não-oficial e não possuímos qualquer vínculo com Kidman, sua família e equipe. Esperamos que gostem!

Nicole Kidman está de volta aos cinemas neste fim de semana (23) e em Nashville. Isso não é apenas uma figura de linguagem. Kidman entrou no Belcourt Theatre em Music City – onde ela e o marido Keith Urban chamam de lar – para uma discussão pré-screening sobre seu novo filme, The Northman, para uma multidão esgotada que tinha acabado de saber que Kidman estaria ali. A PopCulture estava presente no evento, onde ela falou sobre como foi fazer o épico Viking, incluindo alguns dos altos e baixos de estrelar uma imagem tão elaborada e autêntica.

Ela observou antes das filmagens que o diretor Robert Eggers, a quem Kidman elogiou como um “autor”, enviou a ela uma grande quantidade de pesquisas, incluindo longas discussões sobre mitologia de vários professores. A estrela observou que estava “inundada” com todo o pano de fundo. Ela também observou que havia um vai-e-vem sobre a dialética de seu personagem, que acabou sendo alterada apesar da resistência de Eggers. Além disso, a pandemia do COVID-19 interferiu na produção, aumentando os custos como resultado. (Kidman elogiou notavelmente a New Regency Productions por manter o filme, que custou cerca de US$ 70 a 90 milhões para ser feito.) E, claro, deixar sua família para filmar um filme no exterior durante uma pandemia é um grande pedido para qualquer estrela. No entanto, quando Kidman chegou à Irlanda e começou a filmar, sua hesitação logo desapareceu.

“Cheguei à Belfast no meio do COVID e fiquei tipo, não acredito que estou aqui”, lembrou ela. “No dia seguinte eu estava em uma montanha, montando um cavalo. Era um cavalo muito pequeno porque os vikings tinham cavalos pequenos, pois, eram cavalos fortes. Mas até meu cavalo quase foi derrubado pelo vento. Felizmente eu podia montar.” Ela continuou, “Eu vi vilas que eles construiram, que foram pesquisadas e foi como voltar no tempo. Foi sobre, ‘Oh meu Deus, eu só quero ir para casa para minha família.’ E no final eu estava ligando para Keith dizendo, ‘Eu amo isso aqui.’ Ele estava como, ‘Você tem síndrome de Estocolmo.'”

Eu não queria ir embora. Fiquei completamente cativado pelo que você quiser chamar, os espíritos… Eu não posso recomendar o suficiente… É onde eles filmaram Game of Thrones também. Filmando às 3 da manhã, vestindo roupas vikings autênticas, sapatos. Tudo era autêntico, eles tinham tecido. E eu estava congelando, e havia sangue e coisas sacrificadas… E eu fiquei tipo, ‘Sim!’. Então, eu tenho partes de mim que permanecerão escondidas para todos os outros que estão neste filme.

Em outra parte da discussão, que foi liderada pela diretora executiva da Belcourt, Stephanie Silverman, Kidman também detalhou o processo de Eggers para cenas de um único ato. Embora pudesse ser uma experiência difícil, a emoção de trabalhar em um projeto do calibre de The Northman fez tudo valer a pena.

Você está fazendo 40-50 tomadas porque está tentando obter toda a cena em uma única tomada, você verá isso no filme, haverá certas tomadas em que é preciso tempo e precisão. E muita vezes como ator, você tem que elevar seu nível em termos de resistência, porque você tem que entregar, pois, você nunca sabe e, eu sei sobre isso, muitas vezes, por causa da maneira como estamos filmando, especialmente quando estamos nas montanhas e há um acordo único, o vento arruinaria o teto da câmera e você está chegando ao fim e, de repente, há uma rajada de vento e a câmera se move e é isso porque está no guindaste e aquela cena se foi. E isso pode ser muito frustrante como ator mas acho que como trabalhei com vários desses diretores que fazem isso, (Stanley) Kubrick sendo um deles. Na verdade, estou trabalhando com uma agora, Lulu Wang – que fez The Farewell – e ela tenta filmar muitas coisas em uma única tomada. Então é de arrepiar os cabelos e você não tem um backup, E então você tem que entrar com uma quantidade enorme de resistência, séria como eu diria, e concentração. Mas é emocionante e emocionante.

The Northman, co-escrito por Eggers e Sjón, já está nos cinemas. Kidman interpreta a rainha Gudrún no filme. Gudrún é a mãe do protagonista Amleth (Alexander Skarsgård), um guerreiro viking em busca de vingar a morte de seu pai.

Tradução: NKBR | Fonte.



Na noite anterior, (18), Nicole Kidman compareceu à premiere oficial de ‘The Northman’ na Califórnia, marcando presença com uma peça da Prada, com plumas em tom coral e bordados dourados ao longo da saia, juntamente ao lado de seu marido Keith Urban.

‘O Homem do Norte’ estreia no Brasil no dia 12 de maio. Confira abaixo tudo o que rolou no red carpet:

 

Aparições & Eventos  > 2022 > April, 18 – Premiere The Northman in Los Angeles

NKBR70016.jpgNKBR70026.jpgNKBR70023.jpgNKBR70028.jpg

Aparições & Eventos  > 2022 > April, 18 – Premiere The Northman in Los Angeles

NKBR20018.jpgNKBR20024.jpgNKBR20027.jpgNKBR20028.jpg

Aparições & Eventos  > 2022 > April, 18 – Premiere The Northman in Los Angeles

NKBR20043.jpgNKBR20045.jpgNKBR20044.jpgNKBR20074.jpg

Aparições & Eventos  > 2022 > April, 18 – Premiere The Northman in Los Angeles

NKBR300044.jpgNKBR300045.jpgNKBR300049.JPGNKBR300060.JPG

Aparições & Eventos  > 2022 > April, 18 – Premiere The Northman in Los Angeles

NKBR300062.jpgNKBR300065.jpgNKBR300078.jpgNKBR300079.jpg

Aparições & Eventos  > 2022 > April, 18 – Premiere The Northman in Los Angeles

NKBR30043.jpgNKBR30041.jpgNKBR30032.jpgNKBR30033.jpg

 



Layout criado e desenvolvido por Lannie.D - Nicole Kidman Brasil © 2022